GESTÃO DE PROJETOS DE ARQUITETURA

Gerenciamento

Em grandes empreendimentos, seja imobiliários, comerciais, eventos ou culturais; a necessidade de se organizar um gerenciamento eficaz é parte essencial do sucesso do projeto e empreendimento como um todo.

A arquitetura, nestes casos, deve se comportar como agente central e aglutinador de informações e controles de forma promover e manter o conceito do projeto inicialmente proposto. Para tanto, diversas ações devem ser programadas e controladas, entre elas:

• Clara definição de escopo de cada projetista atuante no processo. O Gerente geral deve designar qual é a responsabilidade de cada agente e os limites de decisão e aprovação dos mesmos;

• Clara hierarquia de funções. Com isto ganha-se tempo em aprovações e re-trabalhos.

• Gestão de comunicação e programação das informações. O Gerente deve prever ferramentas de comunicação simples e acessíveis a todos. Ainda, deve definir qual informação vai para qual agente e controlar o momento certo de liberar o acesso a tais informações. Em nossos projetos demarcamos o momento de liberar as informações com o cronograma da arquitetura, desta forma sabemos quando um projetista de estrutura, por exemplo, deve ter informação as plantas, fachadas, etc.

A estruturação do projeto deve prever um caminho crítico para o mesmo dentro do cronograma geral.

Sabemos que o cronograma será alterado, contudo, a função desta ferramenta não é controlar tempo e sim fluxo de tarefas e informações.
Outra ponto de vital importância em nossos projetos são as certificações ambientais e incorporação de conceitos de sustentabilidade desde o inicio de nossos projetos o que facilita as certificações, minimiza custos e trabalhos.